PrivadoSobre o espermaTriagem de doadores de esperma

    Triagem de doadores de esperma

    Todos os doadores da Cryos passaram por processos de triagem rigorosos para avaliar o seu estado de saúde física e mental. Só os candidatos a doadores saudáveis e que cumpram os regulamentos específicos do país estão a ser aceites e autorizados a participar no nosso programa. 


    A Cryos fornece esperma de doador a muitos países do mundo, e a maioria dos países dispõe de legislações diferentes no que se refere à utilização de doadores de esperma. 

    Nesta página, poderá ficar a saber como selecionamos e triamos os nossos doadores de acordo com o nosso programa extenso de garantia de qualidade, bem como a forma como nos certificamos de que os nossos doadores cumprem as regulamentações do seu país de tratamento.  

    Como selecionamos e triamos os nossos doadores 

    Quando um potencial doador se candidata à Cryos, passa por um processo muito rigoroso de seleção e triagem.  

    Em primeiro lugar, responde a um questionário médico abrangente e participa numa entrevista com a nossa equipa médica, destinada a avaliar os candidatos com base nos antecedentes clínicos familiares e em comportamentos de risco. Os candidatos a doadores com antecedentes familiares de doenças hereditárias graves, mentais ou físicas, são rejeitados. 

    Além disso, realiza-se um exame físico e mental rigoroso do candidato e analisam-se amostras de sangue e urina quanto à presença de doenças infeciosas. Os doadores são ainda testados quanto a diversas doenças hereditárias. Por último, são triados quanto ao cariótipo (perfil cromossómico) normal. 

    Todos os doadores aprovados são regularmente submetidos a testes quanto à presença de doenças infeciosas ao longo de todo o período de doação. 

    Um Resumo dos Registos, que contém os resultados das análises, as características do doador e as informações de divulgação de Normas, é anexado à confirmação da encomenda, sendo também incluída uma cópia do mesmo no seu envio. O Resumo dos Registos está sujeito a alterações ao longo do tempo, devido aos testes contínuos dos doadores. 

    Requisitos específicos do país (Normas) 

    A Cryos está autorizada, em conformidade com a Diretiva de Tecidos da UE, e pode entregar esperma de doador em todos os países da UE, bem como exportar para fora da UE. A maior parte dos países tem diferentes legislações no que toca ao uso de doadores de esperma, incluindo requisitos relacionados com a seleção e triagem dos doadores de esperma. Durante o processo de triagem, todos os doadores de esperma da Cryos estão a ser, portanto, selecionados, triados e autorizados para uso clínico em zonas ou países específicos. 

    Ao criar uma conta gratuita online e indicar o seu país de tratamento, podemos mostrar-lhe apenas os doadores que cumprem os regulamentos nesse país específico. 

    Saber mais sobre requisitos específicos do país 

     

    Como lidamos com quadros clínicos   

    Qualquer gravidez comporta um pequeno risco de vir a ter um filho com uma doença congénita e, em alguns casos, a mesma pode ter sido herdada. Na Cryos, os nossos doadores passam por um processo de triagem rigoroso antes de serem aceites como tal, de modo a minimizar o risco de transmitirem algum quadro clínico grave ao bebé.  

    Se for detetado um fator de risco grave num candidato a doador, a sua doação de esperma na Cryos não é aceite.  

    Contudo, apesar do nosso procedimento rigoroso de seleção e triagem, o risco de ter um bebé com um quadro clínico não pode ser eliminado. Caso se detete um quadro clínico num bebé e se suspeite de que a doença possa ter resultado da utilização do esperma de doador, a Cryos deverá ser imediatamente informada para poder tomar as medidas necessárias. Essas medidas incluem investigar se o quadro clínico pode estar ou não relacionado com o esperma de doador.